Por que é tão difícil aprender coisas novas?

Por que é tão difícil aprender coisas novas?

 

Já parou para pensar, que uma das maiores habilidades que um ser humano pode adquirir ao longo de sua vida esta vinculado a sua capacidade de aprender, de se desenvolver.

Há algum tempo eu levo para os meus treinamentos o conceito da Andragogia. Este conceito estuda a forma de aprendizado do adulto, e gostaria de dividir com você um pouco dessas informações, que ao final do artigo vão dar sentido a muitas coisas.

Vou começar exemplificando primeiro como as crianças aprendem. Quem tem filhos de 5, 6, 7 ou 8 anos vai saber do que estou falando. Quando uma criança nesta faixa etária vai para escola, ela vai com um objetivo maior, aprender.

Mas não é aprender algo que ela sabe mais ou menos, é aprender coisas totalmente novas, que elas nunca imaginaram que pudesse existir. Por isso a criança usa um recurso muito importante que dá sentido neste processo de aprendizado.

A confiança em seu professor. Prova disto é que quando ela leva tarefas para casa, e ao tentar ser ensinada de um jeito diferente do que o professor ensinou em sala, geralmente braveja com quer que esteja tentando ensina-la diferente: Tá errado, minha professor (a) falou que era assim… É muito engraçado a maneira com que as crianças percebem o ensinamento do professor como verdades absolutas. Ela não questiona seu mestre, simplesmente aprende e pronto.

A medida que vamos crescendo, vamos adquirindo experiências, tendo memórias, vamos desenvolvendo ou fortalecendo nossas crenças e nossos valores, e vamos moldando nossa maneira de pensar.

Então quando uma pessoa em idade adulta precisa aprender, o processo não é tão simples quanto ao da criança. Antes dele conseguir adquirir um novo conhecimento, nosso cérebro faz milhares de conexões, e filtra as informações que podem ser uteis ou não para nós, embasado em nossos crenças e valores.

A maneira como percebemos o outro tentando nos ensinar algo novo, pode já de cara criar varias barreiras. Ex:  “isso eu já sei”, ou, “nossa ele pensa que é quem tentando me ensinar a fazer meu serviço”.

Isso quer dizer que a medida que não mudamos ou desenvolvemos novas maneiras de pensar e perceber as coisas, não conseguimos adquirir novos conhecimentos, pois nosso cérebro nos faz “o favor” de separar aquilo que é importante para nós, daquilo que não parece ser, e isso é tão rápido, que nem tomamos conta que muitas das dificuldades que possuímos, são criadas ou definidas por nosso cérebro, muito antes de tentarmos entende-las.

Bom acho que era isso que queria compartilhar com vocês.